Rede de banda larga já em funcionamento em Cabinda - MenosFios
Logotipo oficial do MenosFios

Rede de banda larga já em funcionamento em Cabinda


por: Daniel Geto12 de Maio de 2021

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, inaugurou, no sábado passado (08/05), em Cabinda, o cabo de fibra óptica terrestre, com o ponto de conexão na froronteira do Yema 17 quilômetros a sul da cidade.Trata-se de uma linha de cerca de 800 quilómetros, que liga a província de Cabinda ao resto do país e regiões fronteiriças, num traçado de fibra óptica de Luanda para o Noqui (Zaire), em parceria com a RNT-RDC, passando pela cidade e vilas congolesas de Matadi, Boma e Muanda, em parceria com a empresa Liquid Telecom, que opera neste país vizinho.

Depois do ponto de conexão de fibra óptica  do Massabi, igualmente visitado, ontem, pelo Titular da Pasta das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, a província, passa a partir de  agora a dispor de duas infraestruturas de conexão de fibra óptica que de um modo  geral, vão melhorar  o sistema das comunicações em Cabinda, invadida pelos sinais de telecomunicações da República do Congo e da RDC.

Manuel Homem referiu que este projecto vai trazer para Cabinda uma mudança significativa no panorama das comunicações electrónicas, integrando a província a rede nacional em banda larga, com infra-estruturas físicas que ligam este ponto ao resto do país.

“o projecto que hoje vemos materializado, representa para o sector um marco  importante porque sinaliza  um conjunto de acções práticas que temos vindo a realizar”,  disse, acrescentando  que, o mesmo trouxe para Cabinda, mudança significativa no panorama das comunicações eletrônicas. Segundo ainda afirmou, o ministro Manuel Homem, com essa ligação, Cabinda, passsa a estar integrada na rede nacional de comunicações em banda larga, com infraestruturas físicas que ligam este ponto ao resto do país. 

As operadoras nacionais e internacionais que operam no sector  das telecomunicações, empresas ligadas aos ramos de desenvolvimento económico no sector petrolífero ou outras que investem nessa localidade, passam a ter  com esta infraestrutura capacidade de poderem-se conectar e aferir maior qualidade dos serviços que desenvolvem.

O governador da província de Cabinda, Marcos Alexandre Nhunga, afirmou que a inauguração do cabo de fibra óptica na fronteira do Yema em Cabinda, representante um momento histórico para a província, porque a região, passa a ter uma melhor qualidade  e velocidade nas interligações,daqui para frente.”Cabinda sai a beneficiar porque é pela primeira vez que  através da fibra óptica liga-se com o país”, disse, considerando ser um passo cuja região estará mais facilitada.