[Moçambique] Tmcel moderniza e expande a sua rede de transmissão - MenosFios
Logotipo oficial do MenosFios

A Moçambique Telecom (Tmcel) procedeu recentemente à modernizaçãoe e expansão da rede de transmissão, com a instalação do “backbone” de elevado desempenho e fiabilidade, num investimento de 123 milhões de dólares norte-americanos.

A melhoria da rede vai permitir o aumento da capacidade da espinha dorsal de transmissão, aperfeiçoando, deste modo, o desempenho na ligação dos clientes (empresas e instituições) à internet, através do aproveitamento total da banda larga, cuja capacidade passará de 50 para 400 gigas.

Esta informação foi dada a conhecer pelo Presidente do Conselho de Administração da Tmcel, Mahomed Rafique Jusob, à margem da cerimónia de assinatura de um memorando de entendimento, entre aquela operadora de telecomunicações e a Agência para a Promoção de Investimento e Exportações (APIEX), ocorrida no decurso da Feira Internacional de Maputo (FACIM), em Ricatla, distrito de Marracuene.

MAIS: Moçambique: Tmcel descarta despedimento massivo de funcionários

O acordo, segundo explicou Mahomed Rafique Jusob, visa o fornecimento de serviços de banda larga (internet) e de telecomunicações às próximas edições da maior feira agrícola, industrial e comercial do País, para serem disponibilizados aos expositores nacionais e estrangeiros.

Estamos a fazer a transformação e modernização da nossa rede, investindo 132 milhões de dólares norte-americanos. Está em curso a instalação do ‘backbone’ em fibra óptica, que vai passar de 50 gigas de capacidade, para 400 gigas, com vista a alargar a capacidade do serviço a partir de Inchope para Tete, Inchope-Chimoio, Inchope-Nampula e Inchope-Pemba”, frisou.

Trata-se de um projeto que vai permitir a expansão da cobertura e melhoria da qualidade da rede da Tmcel, especificamente no que respeita aos serviços de voz e dados, bem como o aumento da capacidade e de disponibilidade de serviços prestados aos clientes.

Neste momento, avançou, o projeto de modernização da rede desenrola-se na província de Gaza, após ter já alcançado o distrito de Morrumbene, em Inhambane.

Em paralelo com esta empreitada, a operadora de telefonia fixa e móvel procede à instalação de várias antenas na cidade da Beira, província de Sofala.