Ministério da Saúde aposta na transformação digital para aproximar serviços. - MenosFios
Logotipo oficial do MenosFios
Trabalhadores da Saúde foram chamados a continuar a melhorar a assistência de proximidade © Fotografia por: Contreiras Pipa | Edições Novembro

A sensivelmente quatro anos, o Ministério da Saúde (MINSA) garantiu estar com vários projetos em nível de tecnologias de informação, e pelo que se nota até ao momento pouca coisa tem sido feito em nível de serviços que afetam diretamente a vida do utente, dentro ou fora dos estabelecimentos hospitalares em Angola.

A referida instituição garante que, vai continuar a apostar, fortemente, na transformação digital e desenvolvimento de ferramentas para a sustentabilidade dos serviços de proximidade, anunciou, este domingo, em Luanda, a titular do sector. Sílvia Lutucuta salientou que essa necessidade surge do facto de a transformação digital e desenvolvimento dos serviços de proximidade serem fatores determinantes na disponibilização dos cuidados de saúde humanizados e de qualidade.

Ao falar por ocasião do 25 de setembro, Dia Nacional do Trabalhador da Saúde, a ministra da Saúde destacou o papel do profissional do sector na melhoria e humanização dos serviços, em especial durante a fase de combate à Covid-19. A governante louvou a capacidade de adaptação evidenciada por estes profissionais, que considerou verdadeiros heróis e combatentes da linha da frente.

O que é expectável quando se fala de transformação digital no sector da saúde?

A transformação digital não é uma somente uma expressão de efeito — é um imperativo estratégico. A indústria da saúde precisa desenvolver novas capacidades e adotar uma visão holística sobre as suas estratégias digitais.

Segurança cibernética

O estudo global da Deloitte aborda o desafio de mostrar aos executivos da área os riscos existentes para as organizações de saúde. Ainda que esses líderes classifiquem a segurança cibernética como prioridade máxima, há dificuldade em intender a extensão dos riscos envolvidos e a melhor maneira de responder em caso de incidentes. O relatório identificou sete estratégias para comunicar aos líderes das organizações de saúde a importância de ter uma segurança cibernética eficaz.

O futuro das regulamentações na saúde

O relatório global da Deloitte traz uma análise sobre a evolução das regulações no setor de saúde e as habilidades necessárias para obter resultados positivos e inovadores para os pacientes. O estudo traz quatro projeções para que empresas do setor passam reprogramar a sua mentalidade reguladora para criar um ambiente moderno e colaborativo que impulsione a mudança cultural em toda a indústria, aprimorando tanto os cuidados com os pacientes quanto as estratégias nos negócios.

O sector de saúde global continua a enfrentar desafios apresentados pela pandemia que ainda requer atenção e cuidados nos sistemas de saúde. Estudo global da Deloitte analisa o atual estado do setor de saúde, explorando seis questões urgentes, delineando ações que têm como objetivo ajudar a construir a resiliência e alcançar os melhores resultados.