Huíla ganha estação para medir parâmetros meteorológicos em altitude - MenosFios
Logotipo oficial do MenosFios

Foi inaugurado recentemente uma estação automatizada de medição dos parâmetros meteorológicos em altitude (ROBOTSONDA), na província da Huíla, propriamente no aeroporto da Mukanka, cidade do Lubango.

A infraestrutura tecnológica contém também uma estação aeronáutica do mesmo aeroporto, além das estações sinóptica e sísmica na localidade da Mapunda, ambas na província da Huíla, no âmbito do Projeto de Modernização do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET), em parceria com a Meteo France Internacional (MFI).

Como se tem vindo a constatar, com a crescente evolução tecnológica, os serviços relacionados com a meteorologia no País vêm observando uma radical transformação nas áreas da Previsão do Tempo, Climatologia, Hidrometeorologia, Agrometeorologia, Sismologia e Aeronáutica, com a inclusão de Estações, Hardwares, Softwares e formações nas mais distintas áreas do sector”, pode ler-se na nota divulgada aos meios de comunicação.

A estação ROBOTSONDA está em funcionamento com equipamentos de tecnologias de ponta, que vai permitir modelar de forma realística as condições atmosféricas em altitude, das variáveis de temperatura, direção e velocidade do vento, humidade e pressão (até 35 km), através de sistemas de lançamento de balões de sondagem totalmente automatizados.

Por regra, os dados gerados pelas sondagens (ROBOTSANDA) visam alimentar a rede da Organização Meteorológica Mundial (OMM) e permitem que Angola contribuiu em grande escala para a correção dos modelos meteorológicos globais”, frisa a nota, destacando ainda que em relação ao continente Africano, com exceção de Angola, todos os outros países operam esta tarefa de maneira convencional.

MAIS: Malanje ganha três novas estações meteorológicas

De informar ainda que estes dados são também assimilados pelos modelos meteorológicos regionais do INAMET e melhoram a relevância destes modelos, que beneficiará principalmente a população angolana, através de previsões meteorológicas mais precisas e melhores avisos em caso de eventos meteorológicos severos (por exemplo, chuvas extremas e secas).

O equipamento a ser inaugurado no aeroporto Mukanka, completa uma rede que totaliza três ROBOTSONDAS em Angola, um dos quais já operacional no aeroporto 4 de fevereiro na província de Luanda e o outro instalado no aeroporto Comandante Dangereux em Luena, com previsão de inauguração no final de novembro do ano corrente”, finaliza a nota.