E3 volta em junho de 2023 com muitas novidades para o público e indústria - MenosFios
Logotipo oficial do MenosFios

A maior feira do mercado de videojogos volta ao antigo formato presencial no próximo ano, mas tem previstas algumas mudanças para melhorar a experiência dos diferentes tipos de visitantes do evento.

Uma das maiores feiras e conferência mundial do sector de videojogos está de volta em 2023. Depois deste ano ter sido cancelada pela organização, a E3 volta a Los Angeles em junho, numa edição ao vivo e a cores, mas algumas nuances.

O evento promovido pela Entertainment Software Association (ESA) vai decorrer entre 13 e 16 de junho, no Los Angeles Convention Center e nesta próxima edição vai dividir os dias do evento entre indústria e entusiastas dos videojogos, para tentar proporcionar uma melhor experiência a cada um destes públicos.

Assim, os Business Days da feira acontecem entre 13 e 15 de junho e só permitem o acesso ao evento a quem é da indústria dos videojogos, que terá mais facilidade em promover contactos e experimentar novidades, sem outros visitantes no mesmo espaço. O público em geral vai poder aceder ao evento nos dias 15 e 16, durante os Gamers Days. O programa da edição deste ano prevê ainda um conjunto de eventos digitais, que começam logo no dia 11 de junho.

MAIS: ESA confirma realização da E3 em 2023 em formato presencial e digital

A E3 deste ano começou por ser planeada como edição apenas online, mas acabou por ser cancelada. Já no ano antes, em 2021, o certame decorreu apenas online por causa da Covid-19, que em 2022 voltou a condicionar os planos da organização e que em 2020 já tinha obrigado ao cancelamento total da feira.

Em entrevista ao The Washington Post, Stan Pierre-Louis reiterava que a organização ainda acredita que a E3 mantém a relevância na indústria do gaming e faz falta na versão de sempre, presencial: “por muito que gostamos destes eventos digitais, e por muito que alcance mais pessoas, e queremos esse alcance global, também sabemos que existe um forte desejo de as pessoas se reunirem, de terem a capacidade de se ligar pessoalmente”.

Nos últimos anos, a E3 perdeu algum vigor, sobretudo com a saída de nomes importantes do evento, como a Sony. Com o cancelamento das duas últimas edições físicas da feira, outros eventos emergiram e revelaram capacidade para ir divulgando as novidades do sector, como o Summer Game Fest, apresentado pelo jornalista Geoff Keighley, que em 2023 deve voltar a acontecer em junho, mas agora já novamente com a concorrência da E3.